"Fui covarde", diz homem que matou a ex no Barreiro

O tatuador Thales Tomas do Vale, de 29 anos, preso por matar a ex-namorada, no bairro Cardoso, na Região do Barreiro, disse estar arrependido. "Fui covarde", declarou em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (05/08).Ele foi preso em um motel na Avenida Úrsula Paulino, no Bairro Betânia, na Região Nordeste de BH. Segundo a PM, o tatuador estava com a mesma roupa do dia do crime e o tênis tinha vestígios de sangue.Com o homem também foi encontrado um pacote de maconha e objetos pessoais. A ocorrência ainda está em andamento. Thales foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia de Polícia Civil, que vai investigar o caso.Ainda de acordo com a polícia, o ex-companheiro de Emily, 25, mora nos Estados Unidos e veio ao Brasil para fazer um curso de tatuagem. Ele não aceitava o fim do relacionamento, que terminou há cerca de seis meses.O velório da jovem é a partir de 11h, no Velório Municipal Vicente Rodrigues de Paula, na Região do Barreiro. O enterro do corpo será às 14h30. O que é relacionamento abusivo?Os relacionamentos abusivos contra as mulheres ocorrem quando há discrepância no poder de um em relação ao outro. Eles não surgem do nada e, mesmo que as violências não se apresentem de forma clara, os abusos estão ali, presentes desde o início. É preciso esclarecer que a relação abusiva não começa com violências explícitas, como ameaças e agressões físicas.A violência doméstica é um problema social e de saúde pública e, que quando se fala de comportamento, a raiz do problema está na socialização. Entenda o que é relacionamento abusivo e como sair dele.Leia também: Cidade feminista: mulheres relatam violência imposta pelos espaços urbanosComo denunciar violência contra mulheres?Ligue 180 para ajudar vítimas de abusos.Em casos de emergência, ligue 190.O que é violência física?EspancarAtirar objetos, sacudir e apertar os braçosEstrangular ou sufocarProvocar lesõesO que é violência psicológica?AmeaçarConstrangerHumilharManipularProibir de estudar, viajar ou falar com amigos e parentesVigilância constanteChantagearRidicularizarDistorcer e omitir fatos para deixar a mulher em dúvida sobre sanidade (Gaslighting)O que é violência sexual?EstuproObrigar a mulher a fazer atos sexuais que causam desconforto Impedir o uso de métodos contraceptivos ou forçar a mulher a abortarLimitar ou anular o exercício dos direitos sexuais e reprodutivos da mulherO que é violência patrimonial?Controlar o dinheiroDeixar de pagar pensãoDestruir documentos pessoaisPrivar de bens, valores ou recursos econômicosCausar danos propositais a objetos da mulherO que é violência moral?Acusar de traiçãoEmitir juízos morais sobre condutaFazer críticas mentirosasExpor a vida íntimaRebaixar por meio de xingamentos que incidem sobre a sua índoleLeia mais:As principais lutas dos movimentos pelos direitos das mulheresO que é feminicídio? Entenda as origens e saiba como combatê-loComo a pornografia distorce o sexo e incita violência contra mulheresEntenda como a cultura da pedofilia está presente na sociedadeDo estupro ao aborto: a difícil jornada da mulher vítima de violência sexual'Meu namorado me deu o remédio e viajou'; relatos de mulheres que fizeram aborto clandestino em MG

"Fui covarde", diz homem que matou a ex no Barreiro
O tatuador Thales Tomas do Vale, de 29 anos, preso por matar a ex-namorada, no bairro Cardoso, na Região do Barreiro, disse estar arrependido. "Fui covarde", declarou em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (05/08).

Ele foi preso em um motel na Avenida Úrsula Paulino, no Bairro Betânia, na Região Nordeste de BH. Segundo a PM, o tatuador estava com a mesma roupa do dia do crime e o tênis tinha vestígios de sangue.

Com o homem também foi encontrado um pacote de maconha e objetos pessoais. A ocorrência ainda está em andamento. Thales foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia de Polícia Civil, que vai investigar o caso.

Ainda de acordo com a polícia, o ex-companheiro de Emily, 25, mora nos Estados Unidos e veio ao Brasil para fazer um curso de tatuagem. Ele não aceitava o fim do relacionamento, que terminou há cerca de seis meses.

O velório da jovem é a partir de 11h, no Velório Municipal Vicente Rodrigues de Paula, na Região do Barreiro. O enterro do corpo será às 14h30.
 

O que é relacionamento abusivo?

Os relacionamentos abusivos contra as mulheres ocorrem quando há discrepância no poder de um em relação ao outro. Eles não surgem do nada e, mesmo que as violências não se apresentem de forma clara, os abusos estão ali, presentes desde o início. É preciso esclarecer que a relação abusiva não começa com violências explícitas, como ameaças e agressões físicas.

A violência doméstica é um problema social e de saúde pública e, que quando se fala de comportamento, a raiz do problema está na socialização. Entenda o que é relacionamento abusivo e como sair dele.

Leia também:
 Cidade feminista: mulheres relatam violência imposta pelos espaços urbanos

Como denunciar violência contra mulheres?

  • Ligue 180 para ajudar vítimas de abusos.
  • Em casos de emergência, ligue 190.

O que é violência física?

  • Espancar
  • Atirar objetos, sacudir e apertar os braços
  • Estrangular ou sufocar
  • Provocar lesões

O que é violência psicológica?

  • Ameaçar
  • Constranger
  • Humilhar
  • Manipular
  • Proibir de estudar, viajar ou falar com amigos e parentes
  • Vigilância constante
  • Chantagear
  • Ridicularizar
  • Distorcer e omitir fatos para deixar a mulher em dúvida sobre sanidade (Gaslighting)

O que é violência sexual?

  • Estupro
  • Obrigar a mulher a fazer atos sexuais que causam desconforto 
  • Impedir o uso de métodos contraceptivos ou forçar a mulher a abortar
  • Limitar ou anular o exercício dos direitos sexuais e reprodutivos da mulher

O que é violência patrimonial?

  • Controlar o dinheiro
  • Deixar de pagar pensão
  • Destruir documentos pessoais
  • Privar de bens, valores ou recursos econômicos
  • Causar danos propositais a objetos da mulher

O que é violência moral?

  • Acusar de traição
  • Emitir juízos morais sobre conduta
  • Fazer críticas mentirosas
  • Expor a vida íntima
  • Rebaixar por meio de xingamentos que incidem sobre a sua índole

Leia mais: